Desassossego / Uneasiness

1/10

Na rua, de madrugada, caminho: um compromisso protelado há meses, um repolho que apodrece sem que eu tenha tempo de cozinhá-lo, três cartões de crédito no vermelho, uma ameaçadora pilha de roupas sujas, dois grandes amores que se revezam como nódulos que latejam em minha cabeça, um evidente risco de assalto na próxima esquina, seis cigarros no maço, três balas sabor framboesa na bolsa, um botão faltando na blusa, uma dívida de gratidão impossível de ser saldada, três prestações atrasadas de aluguel, uma ação de despejo, uma Lua no céu, quatro luas no céu, a crescente, a minguante, a nova e a cheia, um desassossego, não, muitos desassossegos, um café da manhã a cada manhã, uma Lua que lentamente se afasta da Terra, uma estéril e chata sanidade, uma lua no céu e uma lunática na Terra, dois filhos, um ex-marido, um passo em falso, um incomensurável desassossego, uma Lua.

On the street, at dawn, I walk: an appointment delayed for months, a cabbage that rots for I have no time to cook, three credit cards on debt, a menacing pile of dirty clothes, two great loves that take turns like lumps throbbing in my head, an evident risk of assault on the next corner, six cigarettes in the pack, three raspberry candies in the bag, a button missing from the blouse, a debt of gratitude impossible to be paid, three late rents payments, an eviction order, a moon in the sky, four moons in the sky, the crescent, the waning, the new and the full, an uneasiness, no, many uneasiness, a breakfast each morning, a Moon that slowly moves away from the Earth, a sterile and boring sanity, a moon in the sky and a lunatic on Earth, two children, an ex-husband, a misstep, an immeasurable uneasiness, one moon.

© Tete Silva. Todos os direitos reservados.

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone